Informatização das Bibliotecas de S. Paulo


A Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas Públicas da Secretaria de Cultura do Município de S. Paulo dá nesta segunda feira, dia 19, um importante passo na democratização do acesso ao acervo de livros do sistema de bibliotecas da cidade, anunciando a conclusão da informatização da catalogação retrospectiva do acervo das suas bibliotecas. A cerimônia acontecerá na Biblioteca Alceu Amoroso Lima, na Av. Henrique Schaumann,777, do bairro de Pinheiros, na Capital. A partir das 10:30 hs.

Essa informatização permite a qualquer cidadão saber que títulos, quantos exemplares existem em todo o sistema e em que biblioteca está cada exemplar. E também se o livro está disponível para empréstimo e em que unidade.

O sistema de gerenciamento de bibliotecas da SMC é o Alexandria Online, um dos mais fortes e eficientes programas do gênero, que desde 2005 fez a catalogação retrospectiva do acervo de 82 unidades do sistema – 55 bibliotecas de bairro, o acervo circulante da Biblioteca Mário de Andrade, da Biblioteca Monteiro Lobato, das quatro bibliotecas do Centro Cultural São Paulo, dos dez ônibus-biblioteca, da biblioteca do Centro Cultural da Juventude e de treze pontos de cultura. Nesse processo foram catalogados e cadastrados um milhão e meio de exemplares.

A consulta disponibilizada à população, entretanto, abrange um total de aproximadamente dois milhões e seiscentos mil exemplares, pois uma parte do acervo já estava catalogado eletronicamente pela própria SMC e, nas quarenta e cinco bibliotecas dos CEUs, pela Secretaria Municipal de Educação. Todos esses exemplares são acessados pelo mesmo sistema de busca.

O sistema de bibliotecas públicas de S. Paulo, entretanto, tem mais de cinco milhões de itens em seu acervo. A parte do acervo da Biblioteca Mário de Andrade que não está acessível ao público em geral – acervo histórico, obras raras, etc. – ainda será objeto de catalogação eletrônica retrospectiva.

A Biblioteca Mário de Andrade, a cabeça do sistema, é a segunda maior biblioteca do Brasil em acervo, superada apenas pela Biblioteca Nacional, do Rio de Janeiro. A Biblioteca Monteiro Lobato, especializada no acervo infantil e juvenil, é referência no setor, e há anos edita, impresso, um catálogo com avaliação da produção da área em nosso país.

One thought on “Informatização das Bibliotecas de S. Paulo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.