Os desafios de traduzir nos EUA

É bem conhecido o dado de que o índice de livros traduzidos e publicados nos Estados Unidos e nos outros países de língua inglesa (Grã Bretanha e Austrália) é ínfimo. Chad Post, um batalhador para que aumente esse índice, mantém um site exatamente com o nome de Three Percent que, segundo ele, é o índice de obras traduzidas.
O Publishing Perspectives de hoje, 29 de agosto, reproduz uma entrevista com Edith Grossman, tradutora para o inglês de importantes obras originalmente em espanhol (publicou recentemente uma elogiada tradução do Dom Quixote) comenta sobre essas dificuldades e sobre a importância e as dificuldades do ofício de traduzir, que quero compartilhar com vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.